Ação para Pais e Encarregados de Educação - "Quem vê caras, não vê corações..."

A infância é um período de desenvolvimento envolto em mudanças rápidas e importantes em que as crianças exploram o mundo, descobrem e testam limites.

À medida que os filhos crescem é normal que os pais se deparem com situações em que os seus sentimentos exigem respostas mais complexas acabando, muitas vezes, por se apresentarem sob a forma de comportamentos desafiadores que se apresentam, de algum modo, como meio de comunicação das crianças.

Porque as regras e os limites são, também, laços de afeto e proteção o papel dos pais passa por estar atento aos sinais e comportamentos da criança e ajudá-la a ser capaz de compreender e expressar adequadamente as suas emoções.

A fim de apoiar esta caminhada o Serviço de Psicologia convida pais e encarregados de educação a estar presentes na ação dinamizada pela psicóloga clínica Angélica Azedo “Quem Vê Caras Não Vê Corações”, a decorrer na EB Abade Correia da Serra e na EB de Pias.

 cartazserpa22  cartazpias22


 

Dia da Família 2022

O GIAAF, juntamente com o Serviço de Psicologia, assinalou, mais uma vez, o Dia Internacional da Família que se celebrou no dia 15 de maio, com o intuito de reforçar a importância da família e os sentimentos de união, amor, respeito e compreensão.

Desde o pré-escolar ao 3.º ciclo, os alunos deram o seu contributo, tendo revelado interesse e participado com muito agrado nas atividades propostas.

 Diafamilia22


 

Feira das Profissões 2022

No âmbito do programa de orientação escolar e vocacional "Pensar o Futuro" irá decorrer, no dia 25 de maio, pelas 14h30m, uma Feira de Profissões na sala polivalente do Centro Escolar da EB Abade Correia da Serra a fim de apoiar os alunos no processo de escolha vocacional e na construção do seu projeto de vida.

Esta ação conta com a presença da Escola Secundária de Serpa e de diversas Escolas Profissionais da região de modo a facilitar a tomada de decisão dos alunos ao proporcionar o acesso a informações relativas às ofertas escolares e formativas existentes. 

Esta iniciativa encontra-se aberta a pais/encarregados de educação por desempenharem um papel fundamental no processo de escolha vocacional dos seus filhos. 

Cartazfeira2022


 

Conversar sobre a guerra

A guerra afeta todos: pessoas, comunidades, países e mundo!

O impacto psicológico que provoca faz-se sentir junto das vítimas diretas dos conflitos e das pessoas em situação de maior vulnerabilidade. Assiste-se a uma diminuição do bem-estar e a um aumento do sofrimento psicológico, a problemas de saúde psicológica e perturbações mentais (ansiedade, depressão, stress pós-traumático) a curto, médio e a longo prazo.

Os pais e educadores desejam proteger as crianças e jovens, pretendem que valorizem formas pacíficas de resolver os problemas e os conflitos e que descubram o que podem fazer para ajudar a transformar o mundo num lugar melhor. A melhor forma de o fazer é disponibilizar-se para escutar as suas preocupações, conversar e responder às suas questões.  

As notícias, as imagens e as conversas sobre a guerra estão por todo o lado. As crianças e os jovens perguntam-se e perguntam sobre o que significam. Os adultos questionam-se sobre o que lhes dizer e como comunicar acerca do assunto. 

As psicólogas do Agrupamento disponibilizam algumas orientações da OPP (Ordem dos Psicólogos portugueses) para ajudar pais e cuidadores a conversar com crianças e jovens acerca da guerra.

conversarguerra

Para abrir o documento clique na imagem.


 

Sucesso Escolar

Uma das grandes preocupações dos pais/encarregados de educação tem a ver com o sucesso escolar dos seus filhos.

Este episódio, disponibilizado pela Ordem dos Psicólogos Portugueses, procura esclarecer relativamente ao significado do sucesso na escola e como ajudar os filhos/educandos a aprender com o bem-estar.

As psicólogas do Agrupamento estão disponíveis para ajudar neste processo!

eusinto


 

 

Outubro - Mês de Prevenção e Combate ao Bullying

cartaz cyberbullyingO fenómeno do bullying afeta imensas crianças e jovens tratando-se de uma problemática que atinge as escolas, independentemente do meio social envolvente ou do estatuto socioeconómico da comunidade.

Um dos principais problemas é a enorme dificuldade que a vítima tem em denunciar as agressões (verbais, físicas, psicológicas, relacionais, sexuais e/ou online). DENUNCIAR é um dever de TODOS!

Neste sentido, as psicólogas do agrupamento disponibilizam uma entrevista com o psicólogo Luís Fernandes, com trabalho reconhecido na área do bullying e cyberbullying, que aponta algumas pistas sobre os sinais de alerta a que devemos estar atentos relativamente às vítimas deste fenómeno.

 

clique no link ou na imagem seguinte para aceder à entrevista 

http://www.oatual.pt/magazine/entrevista-atual-com-luis-fernandes  

entrevistabullyingjf


 

Mensagem de Boas-Vindas 2021/2022

Aos Professores, Educadores, Assistentes Operacionais e Alunos,

Reconhecendo a importância de todos os intervenientes para o sucesso educativo e bem-estar físico e psicológico dos nossos alunos, as psicólogas do Agrupamento vêm por este meio desejar a todos um excelente ano letivo!

Apesar da pandemia que tem vindo a assolar o globo e a nossa comunidade em particular, estamos esperançosos que ao longo deste ano letivo seja possível o retorno gradual à normalidade.

As psicólogas continuam a manifestar a sua disponibilidade para prestar apoio a quem dele necessitar.

Cláudia Penacho e Ana Cristina Fonseca 

cartaz boas vindas


 

Informações adicionais